14 abr 2015

O post de hoje é muito útil (e grande!!!) porque tenho certeza que toda grávida se pergunta sobre o que levar na mala da maternidade?

Os nove meses de espera da Giovanna foram tranquilos, dentro do que se espera de uma gravidez. Particularmente eu amei estar grávida e sinto falta daquela conexão que só nós, mães, enquanto gestantes, temos com o bebê.
Nos dois últimos meses, o enxoval já estava pronto, os móveis do quarto comprados, e comecei a pensar no que iria levar para a maternidade.

O ideal, que sempre ouvimos, é que a mala esteja pronta até a 36ª semana, porque caso o parto antecipe você não esquecerá nada.

Eu confesso que antes disso já estava tudo separado, apenas aguardando a encomenda dos saquinhos para as roupinhas.

Não sei se você já leu sobre o assunto, mas o ideal é que se leve as mudas de roupas separadinhas, em saquinhos.  Assim facilita muito a vida de quem fará as trocas. Tem muita gente que leva naqueles saquinhos de tule que você já deve ter em casa (muitas vezes vem na embalagem de itens do enxoval).  No meu caso, preferi mandar fazer uns saquinhos de pano, onde hoje eu coloco as mudas de roupa da Giovanna na mochila.  Mandei fazer um conjuntinho lindo, com seis saquinhos, um saco para roupa molhada, um saquinho para itens de higiene, um para as trocas de fralda (com espaço para fraldas, pomada de assaduras e lenços), além de uma capa personalizada para a caderneta de vacinação).  Olha como ficou lindo:

o que levar na mala da maternidade

 

Fiz tudo com a Pimenteira Estúdio. Recomendo!

Vamos então aos itens para as malas:

Mala da Giovanna

6 trocas de roupa – Nas minhas trocas eu coloquei a roupinha completa que a Giovanna usaria: o body, a calça, o macacãozinho, a meia, um adereçozinho para a cabeça (um lacinho ou uma tiarinha) e a luvinha.  Aqui eu já coloquei as mantas para as três primeiras trocas, depois repeti.

3 touquinhas – Não incluí nos saquinhos das mudas porque moro no Rio de Janeiro, e aqui não faz esse frio todo, mas levei caso precisasse. Não precisou.

3 cueiros ou 3 mantas – Para enrolar o bebê e fazer aquele charutinho (sabe?). Aliás, depois eu tenho que falar num post para vocês sobre isso!

1 manta mais grossa

3 fraldas – Daquelas fraldas de pano, sabe? Você vai ver que elas não servem apenas como fralda e ainda vão te salvar de muita coisa…

Fraldas tamanho RN – Apesar de a maternidade em que eu tive a Gio ter dado a fralda, eu levei de casa dois pacotes, pois não sabia se ela se adaptaria à marca da fralda deles.

1 pacote de lenços umedecidos específicos para recém nascidos e um pacote de algodão em quadradinhos (depois parei com essa história de algodão em quadradinhos e ia fazendo chumaços e colocando no pote de algodão)

1 tubo de Desitin Azul e 1 tubo de Desitin roxa – Levei a roxa também para o caso de ter alguma assadura no período.

1 sabonete líquido para recém nascido

2 frascos pequenos de álcool gel (levei para mim e para o pai – para as visitas eu levei um pote grande que deixei na mesa junto com o livro de recados).

1 escovinha de cabelo

3 toalhas (daquelas com fralda no interior, porque é mais leve ao toque na pele sensível do bebê)

6 fraldinhas de boca- Fundamental na vida até hoje!

Minha mala

Pasta com os últimos exames, documentação do plano de saúde (inclusive as guias autorizadas) e pessoal.

3 camisolas de malha própria para amamentação – Não precisa ser especial para isso, mas tem que ter gola em V e você deve testar antes de levar para saber se fica confortável com o seio para fora!

1 cinta pós parto

3 sutiãs de amamentação

6 calcinhas pós parto – São horríveis, eu sei, mas não tem muito jeito.

1 chinelo

2 pacotes de absorventes noturnos

1 pacote de absorvente para seios

1 par de conchas

1 tubo de pomada para o bico do seio

Roupa para sair da maternidade

Celular com carregador

Câmera com carregador

Necessaire com maquiagem, escova e pasta de dentes, secador de cabelos (sim! eu levei e sequei! hahaha)

1 livro ou palavras cruzadas (eu fiz palavras cruzadas em família antes do parto! rsrsrs)

Itens que eu não levei mas me arrependo:

Filmadora com carregador (não levei porque não tinha e tudo foi filmado com o celular mesmo, mas hoje levaria a minha Go Pro com toda certeza do mundo!)

1 bico de silicone – Não levei, sei que muita gente é contra, mas eu me arrependi.  Aprendi que para mim funciona o seguinte: leia tudo, forme sua opinião, mas não descarte a alternativa.  Você pode precisar e não encontrar.  Eu precisei e foi difícil achar viu?

No último sábado desse mês tem um presente especial para você que está nessa fase tão gostosa!

escrito por Fernanda
1 Comentário / Compartilhe:
Tags: , ,
08 abr 2015

O Plano de parto nada mais é do que um documento onde você lista como gostaria de passar pelas diferentes fases do parto e dos cuidados durante ele com você e seu bebê.

O plano de parto é muito usado nos EUA, onde a maioria dos partos são normais. Aqui no Brasil, adota-se também o plano de parto, mas escutamos falar muito pouco sobre ele.

O ideal é você estudar um pouco sobre o assunto e conversar com o seu médico. Ele além de orientar e explicar sobre suas opções de procedimentos, precisa estar de acordo com as suas vontades.

Deixe preparado o plano de parto por volta da 37a semana, onde há chances do bebê nascer há qualquer momento. Imprima algumas cópias e leve para o hospital e entregue para a equipe médica.

Seu médico já estará ciente de todas as suas vontades e ajudará a conduzir a equipe também.

Lembre-se que eventualmente algum procedimento do parto precisará ser alterado, como por exemplo, ao invés de um parto normal, transformar em uma cesárea.

Peça ao seu médico conversar com você antes de qualquer tomada de decisão, para que você possa entender o que está acontecendo, e os motivos das alterações.

Abaixo montei um exemplo de plano de parto para vocês. Não está mega completo, mas acho que é um bom começo para você!

 

Imagem: dofundodoventre.blogspot.com

Imagem: dofundodoventre.blogspot.com

MODELO: Plano de parto – Parto normal em hospital

 

  1. Trabalho de parto:
  • Quem pode ficar com a você no quarto durante o trabalho de parto?
  • Quais procedimentos você gostaria que não fossem realizados? Ex. Raspagem dos pelos pubianos ou lavagem instestinal
  • Gostaria que o parto fosse induzido?
  • Gostaria de ter acesso ao chuveiro ou banheira para aliviar as dores das contrações?
  • Gostaria de pedir anestesia para não sentir as contrações?

 

  1. Parto:
  • Qual a posição que você prefere ficar?
  • O que acha sobre a episiotomia?
  • Como gostaria de encontrar o ambiente da sala de parto? Ar condicionado? Luzes? Música?
  • Amamentação logo em seguida ao nascimento?
  1. Após o parto:
  • Gostaria de esperar a expulsão espontânea da placenta?
  • É possível deixar o bebê na sala de parto mesmo para exames e avaliações?
  • O bebê pode ficar junto a mãe quando liberada para o quarto?

 

  1. Caso a cesárea seja necessária:
  • Quer optar para entrar em trabalho de parto antes de resolver pela cesárea se for possível?
  • Quem pode ficar na sala durante o parto?
  • Como gostaria de encontrar a sala de parto na hora do nascimento do bebê? Luzes? Ar condicionado? Música?
  • Gostaria de ver o momento do nascimento do bebê e pedir para abaixar a saia que protégé da cirurgia?
  • Gostaria de segurar o bebê quando ele nascer com as mãos livres?
  • Gostaria de amamentar assim que ele nascer?

Carol Baldin assinatura

 

 

 

escrito por Carol Baldin
0 Comentários / Compartilhe:
Tags: , ,