21 jul 2016

volta corpo depois gravidezO bebê chega, a alegria toma conta da casa. Os dias intensos com a rotina e visitas, mas à medida em a mamãe se vê mais tranquila, para se olhar com mais calma no espelho sempre gera uma incerteza e medo. Na grande maioria das vezes, bate aquele desespero ao ver sua barriga mole, flácida. O primeiro pensamento … será que meu corpo vai voltar? Será que um dia terei o meu corpo de volta.

Principalmente as que não são chegadas em treinos de academia e nem ao estresse do culto ao corpo, fica a ansiedade que com o passar do tempo vai gerando mais frustração e tristeza de um dia ter o seu corpo de volta.

Outro ponto que deixa a mamãe ansiosa e frustrada é passar o tempo e ainda não conseguir entrar nas suas roupas, o que significa que seu peso ainda não voltou!

A grande verdade, é que a gente não vê a hora de usar de novo as nossas roupas de antes! Vou até além … se acostumar com isso significa ter que jogar todas as suas roupas fora e trocar praticamente todo o seu guarda-roupas. Então haja dinheiro … E será que essa é então a melhor saída???

Foi por “entender” e “viver” isso no meu dia a dia que nesse post preparei algumas dicas e exercícios que você consegue fazer em casa mesmo e sem desgrudar do pequeno!

Dica 1 – Tire um tempinho para organizar suas refeições. Veja as suas necessidades nutricionais para esse momento. Uma alimentação equilibrada e com as suas reais necessidades diminui muito aquela fome intensa que várias mamães relatam.

Dica 2 – Faça exercícios de alongamento / relaxamento para diminuir a ansiedade. A ansiedade é inimiga da mulher … A mulher desconta a ansiedade na comida, principalmente nos doces.

Dica 3 – Use a amamentação para aumentar o seu gasto calórico. A amamentação pode garantir um gasto calórico próximos a 500-600 calorias.

Dica 4 – Faça treinos especializados, isto é, um programa que trabalhe exatamente os pontos que você precisa para seu corpo voltar e que seja eficiente. Existem ainda muitos exercícios que não podem ser usados, por exemplo, os abdominais. Eles podem piorar a diástase e deixar sua barriga com um visual pior e mais flácido ainda.

Dica 5 – Treine em casa ! Elaborei 2 exercícios que você pode fazer com seu bebê. Os materiais são os que você conhece muito bem … carrinho do bebê e bebê conforto.
Além disso, você ainda pode fazer uma bela caminhada ao ar livre com seu bebê no carrinho, principalmente se morar em algum local que tem praça, pista ou até mesmo calçadão … ou até na áre externa do seu condomínio. A hora do solzinho é perfeita! E se não tiver um local apropriado, faça a marcha estacionária (aquela que você move os joelhos no lugar) como se estivesse caminhando.

Combine com os exercícios abaixo:

Exercício 1 – fortalecimento das pernas – com agachamento

Posição inicial: em pé, com as pernas afastadas além da largura dos ombros, e pés alinhados para frente.
Execução: apoie as palmas das mãos no carrinho do bebê. Realize o movimento de agachamento levando o quadril para baixo e flexionando os joelhos num ângulo de 90°. Retorne à posição inicial.
Frequência: 1 a 3 séries de 8-10 repetições com pausa de 30 segundos para o próximo exercício.

Exercício 2 – fortalecimento de costas e braços

Posição inicial: em pé, com as pernas afastadas, uma para frente e a outra para trás. Apoie a palma de uma das mãos no carrinho e mantenha o tronco inclinado para a frente, a coluna ereta e o abdome contraído.
Execução: segure o bebê-conforto e puxe-o para cima, flexionando o cotovelo em direção às costas. Retorne à posição inicial.
Frequência: 1 a 3 séries de 8-12 repetições com pausa de 30-40 segundos para o próximo exercício.

Cuidado com as dores!

“É muito comum a mamãe ter dor nas costas, por conta da falta de exercícios e a má postura adquirida também com os cuidados com o bebê. É muito importante fortalecer essa musculatura mas também alongá-la e relaxá-la com massagem. Esse equilíbrio será importante para prevenção”.

Então … Xô preguiça, bons treinos e vamos rumo a Ficar “De Bem com o Espelho” !!!

Gizele Monteiro assinatira

escrito por Gizele Monteiro
0 Comentários / Compartilhe:
Tags: , ,
18 maio 2016
Foto: Amanda Costa

Foto: Amanda Costa

Muitas são as sensações e emoções que as mulheres sentem durante a gravidez e uma das bem marcante é a ansiedade!

A razão para tanta adrenalina circulando são várias: qual será o sexo do meu bebê, como ele é, será 100% saudável, o parto será normal ou precisarei fazer uma cesária, o tempo, o prazo do quartinho, meu peso, minhas roupas … Ufa!!! Emoções e emoções … digamos … uma TPM de 40 semanas!!!

E no final, a ansiedade feminina a gente já sabe onde pode levar … no temível ganho de peso!

A dificuldade de controle da ansiedade pode fazer você descontar na comida e ganhar uns quilos extras. Fato que para nós mulheres gera mais ansiedade, mexendo também com a mossa auto-estima.

Por isso, como Personal Gestante e Coach de mamães, preparei uma série com alguns exercícios que podem ajudar a controlar e prevenir a ansiedade até o momento do parto, podendo inclusive serem aplicados até mesmo no momento do parto.

“Afinal parece que as horas nessa fase não passam” !!!

1- Exercícios de alongamento direcionados para:

Região de ombros e pescoço

A. ombros para trás – realizar movimentos circulares lentos e amplos dos ombros – respiração contínua, tranquila e controlada. Esses movimentos podem ajudar a reorganizar a postura e também promover alívio da tensão.

B. região do pescoço – levar a cabeça para um dos lados com movimento lento. A respiração bem tranquila e controlada.

Região do quadril e pernas

A. sentada na cama – estender uma das pernas a frente e projetar levemente o tronco na direção. O movimento dever ser em amplitude confortável. Aproveite para movimentar os pés para frente e para trás.

“O simples fato de parar, sentar confortavelmente e espreguiçar direcionando movimentos da coluna para várias direções já produz uma sensação de relaxamento. Movimentações suaves conduzindo o ombro em círculos para trás também reorganizam a postura dando sensação de alívio de alinhamento”, explica Gizele.

2- Massagem com bolinha de borracha na região das costas – ombros e quadril.

“Pode ser executada com movimentos circulares lentos e com leve pressão por toda a região lateral da coluna, desde cima até o quadril. Caso não haja ninguém para ajudá-la, a gestante pode sentar numa cadeira e realizar pressão suave contra a bolinha. O único inconveniente é que “ela” irá direcionar a bolinha com a mão, pegando e colocando no ponto em que desejar. Mas a sensação de alívio compensa isso”, explica a personal gestante.

Benefícios da massagem

– Promove grande alívio de dores e tensões comuns ao final da gravidez pelo peso e alterações posturais;

– Para o ombro, basta circular a bolinha sobre ele, com pressão suave, promove grande alívio.

– Passar a bolinha sobre a região superior das costas, levando para a lateral do pescoço (cervical).

3- Exercícios de soltura e relaxamento na água

Outra opção é entrar em água (piscina) para apenas entrar na água e relaxar ou flutuar com um espaguete ou material que promova flutuabilidade. “Caso não saiba nadar pode entrar e ficar quietinha apoiada na escada ou borda ou ainda realizar caminhada suave”, finaliza.

Lembre-se que a ansiedade “não controlada” pode levá-la ao descontrole na alimentação, ao comer com compulsão, ao comer doces.

Por isso é interessante a inclusão de exercícios – para gastar as calorias extras – associado a um controle de uma alimentação saudável.

O medo de fazer exercícios pode ser deixado de lado com um programa seguro e especializado para gravidinhas.

O Programa Gravidez em Forma que desenvolvi, é online e está com vídeos explicativos e que você pode me acompanhar.

O programa também conta com vários bônus que te ajudarão a entender como controlar seu peso e também “reduzir a ansiedade” com exercícios de alongamento e massagem.

Dessa forma … Xô ansiedade e “Uma Gravidez – De Bem com A Balança” !!!

 

Para conhecer o Programa Gravidez em Forma clique aqui.

Para conhecer o Programa Pós Parto em Forma clique aqui.

Gizele Monteiro assinatira

escrito por Gizele Monteiro
0 Comentários / Compartilhe:
Tags: , ,