18 jan 2016
Foto: www.texaschildrenshealthplan.org/

Foto: www.texaschildrenshealthplan.org/

Muitas famílias estão de férias agora neste mês de janeiro. É tempo de viajar, ir para o clube, passear ao ar livre a também de ficar em casa.

Muitos pais, acostumados com a rotina dos filhos de comerem na escolinha ou apenas em casa se veem em uma situação complicada nesse momento. Então, vamos falar um pouco sobre a alimentação dos pequenos nas férias (em casa ou fora dela).
Lembre-se que dedicar um tempo para preparar ou cuidar da alimentação do filho é ganhar tempo com diversão, já que você pode evitar infecções, diarreias, alergias e febre inoportunas.

Se você está em casa de férias com seu filho, tenho duas dicas importantes para você: aproveite o máximo do tempo em brincadeiras e não abra mão da alimentação saudável. E, porque não conciliar as duas coisas? Leve seu filho para a cozinha. Ao supermercado. Escolha os ingredientes com ele. Escolha a receita (mostre duas ou três fotos e peça que ele faça a opção do que querem cozinhar). Colocar um avental é sempre legal e divertido. E, depois é só se divertir no preparo da comida. Uma questão importante é escolher receitas fáceis de serem manuseadas como biscoitos para enrolar, uma vez que a criança pode brincar, fazer bichinhos, letrinhas, etc. Não dá pra fazer pão que tem que deixar crescer, sovar, etc. Lembre-se que seu pequeno ou pequena tem muita energia e não gosta de se concentrar por muito tempo em uma mesma atividade. Depois de preparadas as delícias, é hora de saborearem juntos.

Para quem está na praia, a atenção com a alimentação deve ser redobrada. Se seu filho está na fase de introdução alimentar, triplique os cuidados. Frutos do mar não devem ser oferecidos pela primeira vez onde você não possa contar com uma assistência em caso de urgência, como reação alérgica, por exemplo.

Se a viagem for rápida, opte por preparar ou comprar (de boa procedência) papinhas congeladas. Leve em uma bolsa térmica ou isopor e coloque no freezer ou congelador do hotel. Assim, você garante uma refeição saudável e segura para seu filho. Não entupa seu filho de salgadinhos tipo cheeps enquanto estiver fora de casa. Leve bolinhos assados e congelados em forma de cup cake ou biscoitos caseiros (faça ou compre) prontos para saborearem juntos. Procure um supermercado próximo e compre muitas frutas. Leve para os passeios e deixe no quarto do hotel. Opte pelo suco natural quando for pedir uma bebida. O resto é diversão!

Nos clubes, a recomendação é parecida. Leve a comidinha do seu filho e faça uma pausa para almoçarem. Isso garante disposição e energia para continuarem brincando. E, ninguém quer ter as férias interrompidas por causa de uma doença do filho né? Pois é, a alimentação adequada e segura te ajuda a passar as férias tranquilo, com criança saudável e feliz. E, pais renovados.

Boas férias!

Elma Monteiro

escrito por Elma Monteiro
0 Comentários / Compartilhe:
Tags: , , ,
21 dez 2015

ferro na alimentação da gestanteQuando ficamos grávidas ou mesmo antes de engravidar, somos orientadas a tomar suplementação de Ácido Fólico. Mas, o que a maioria das mulheres desconhecem é que o Ácido Fólico é importante também, durante toda a gestação. Vamos entender:

Função do folato: Para formação do bebê é necessária a divisão celular para formação de novas células, bem como a realização da síntese proteica, devido ao processo de formação de um novo ser. O folato participa como co-enzima desses processos, então torna-se fundamental para a formação do tubo neural.

Recomendações: A recomendação de folato na gestação é maior em relação à mulher não gestante, 600µg/dia. Essa recomendação é difícil de ser atingida pela alimentação, por isso, faz-se necessária a suplementação. No entanto, devemos lembrar que a alimentação é importante para manter os níveis de folato normais e uma dieta saudável e balanceada é necessária para garantir a melhor absorção de todos os nutrientes.

Fontes de folato: As principais fontes de folato são vegetais verde-escuros, leguminosas, frutas cítricas, fígado e leite.

Alguns valores:

Feijão preto cozido – 1 concha média – 174 µg

Lentilha cozida – 1 concha média – 235,04 µg

Laranja com bagaço – 1 unidade média – 47,7 µg

Beterraba crua – 6 colheres de sopa cheias – 109 µg

No Brasil, as farinhas de trigo e milho são fortificadas com ácido fólico, o que se torna uma fonte importante desse nutriente na dieta da gestante.

E, sempre é importante lembrar, que uma dieta equilibrada e diversificada é uma dieta saudável!

Elma Monteiro

escrito por Elma Monteiro
0 Comentários / Compartilhe:
Tags: , , , ,