26 ago 2015

O que fazer para seu filho NÃO ter medo de dentista?

Imagem: dentallanso.es

Imagem: dentallanso.es

1) Procure um odontopediatra, é o profissional especializado e competente para lidar com esse público. Possui técnicas  de manejo e conduta!
2) Leve-o ASSIM que erupcionarem os primeiros dentinhos. Assim, obterá importantes e preciosas informações de como cuidar adequadamente dos dentinhos!
3) NÃO espere que os dentes estraguem. Caso os dentes estejam com cáries, o tratamento é possível, sim! Porém mais longo, caro e desconfortável (quem gosta de ficar com a boca aberta mais de 5 minutos?)
4) NÃO espere a dor surgir. Quando há dor, o pequenino paciente já chega tenso, com medo… Evite!
5) Crie o hábito DIÁRIO da escovação. A prevenção é o melhor (e mais barato) caminho!
6) Não transmita para seu filho seus medos, ansiedades!
“Prevenção, sempre o melhor caminho”!
Beijinhos sem cáries
Thelma Parada assinatura blog

 

escrito por Thelma Parada
0 Comentários / Compartilhe:
Tags: , , ,
28 jul 2015

enxaguante_bucal

Enxaguatórios bucais são substâncias químicas que complementam a escovação, no combate contra as cáries! Eles não substituem a escovação, tampouco o fio dental.
Muitas ofertas infantis são encontradas nas prateleiras de drogarias e de supermercado, mas, não caia na tentação! Não compre sem antes ter a certeza de que seu filho sabe bochechar (banhar o líquido pela superfície de todos dos dentes) e cuspir tudo (geralmente crianças maiores de 6 anos), há grande risco da ingestão desses produtos, e muitos pequeninos ingerem e alegam que “é gostoso”. Mas, não permita!!!
Depois de observar se sabe bochechar e cuspir direitinho;  precisará verificar com o odontopediatra que o acompanha se há indicação do uso ou não. O profissional, para indicar ou não o uso diário, colherá dados sobre: a dieta (quantidade de açúcares diários), escovação (quem faz, como faz, em quanto tempo, qualidade da escovação), fio dental, presença ou não de dentes cariados,  dentição envolvida (de leite ou permanentes), bem como quantidade de biofilme dental (placa bacteriana).
O grande mal que o enxaguatório pode fazer é se houver ingestão (se a criança engolir), pois não é indicado para esse fim!
Outro inconveniente é quando é feito o mau uso, ou seja, muitas crianças substituem a escovação e o fio dental pelo bochecho, o que não é recomendável, pois somente a escova com o fio dental são capazes de remover adequadamente a placa bacteriana!
Fique atenta para a idade de seu filho, capacidade em bochechar e cuspir, e indicação odontopediátrica!
Esses critérios observados e respeitados, ao comprar, procure sempre pelas opções infantis (Malvatrikids é o de minha preferência, mas também há outras indústrias, como Colgate e Oral B que fabricam e comercializam)! Não ofereça os produtos formulados para adultos, sua fórmula química é diferente. Para cada caso há uma indicação!
Thelma Parada assinatura blog

 

escrito por Thelma Parada
0 Comentários / Compartilhe:
Tags: , , ,